Arquivo da categoria: negócios

marcas chinesas: um grande caminho pela frente

Padrão

Pense numa marca de Miojo chinês (nope, “Nissin” é japonês), e tênis? roupa? bebida? celular? “Samsung”? Nope, coreana…Marca de raquete de ping-pong? Butterfly…japonesa, pois é.

Tirando os amigos brasileiros que já vieram a China e nunca esquecerão como pedir cerveja “Tsingtao”, ainda é difícil para os ocidentais reconhecerem alguma marca chinesa como “top of mind” (aquela que é a mais lembrada pela maior parte das pessoas em  relação a um determinado segmento, por exemplo, Yogurte, Danone / Sorvete, Kibon / Refrigerante, Coca-Cola / Sabão em Pó, Omo e assim por diante).

“Lenovo” (computadores) e “Chery” (automóveis) são as marcas chinesas mais conhecidas internacionalmente, inclusive no mercado brasileiro. No Brasil, marcas como “Haier, Midea (eletrodomésticos) e Huawei(tecnologia da informação) estão ganhando seu espaço. Mas os desafios ainda são muito, abrindo muitas oportunidades para marketeiros e publicitários.

Aqui na China, o aumento da concorrência de produtos importados e a entrada massiva de marcas internacionais, vem pressionando as marcas locais para se reinventarem e usarem ferramentas de marketing mais modernas e criativas para não só sobreviverem como também se destacarem no mercado.

Além da série “direto da gôndola” e “desafio de mercado”, vou também falar bem informalmente de algumas dessas marcas chinesas, xangainesas, etc. Muitas delas continuam muito populares entre os chineses, outras tem potencial para alcançar mercados mais distantes, outras considero um pouco bizarras para chegar a sair da China rs…vai ser uma descoberta para mim também.