Arquivo mensal: abril 2012

viagem para qingdao

Padrão

Feriado no mundo inteiro, você vai viajar?

Nós vamos. Resolvemos ir para a cidade portuária de Qingdao, que fica na Província de ShanDong, ao norte da China.

Quem já nos visitou na China, já sabe que Tsingtao (que nada mais é que a mesma palavra “Qingdao” escrita em outro sistema, Wade-Giles) também é uma das marcas de cerveja mais conhecidas da China. Aliás, muitos visitantes saem daqui falando o mandarim básico de sobrevivência: “Ni Hao, Qingdao, Fabiao” (Oi, Qingdao (cerveja) e recibo,  peguei a frase emprestada do Pedro Bassan, rs)  e o Xiexie, claro. Básico!…outra frase famosa é: “a Bottle of Ching down please.”

Entre 1898 e 1914, a cidade ficou sob ocupação da Alemanha (a cervejaria não é por acaso, a influência alemã ainda é notada no planejamento urbano e estilo arquitetônico) e depois ainda foi ocupada pelo Japão voltando definitivamente a China somente em  1949. Hoje, Qingdao tem a reputação de ser uma das melhores cidades para se viver na China. Vamos checar né!

Bom feriado para vocês!

shanghai de casa

Padrão

Vivemos numa cidade de estações beirando o extremo, invernos frios e úmidos (estamos abaixo do Rio Amarelo – que em chinês fala Huang He – que praticamente divide a China em dois – norte e sul – sendo que por lei as cidades tem sistema de calefação e as do sul não) e verões também úmidos com temperaturas batento nos 40-45 C. Temos apenas 2 meses por ano sem ar condicionado. E justamente agora estamos aproveitando este tempo precioso.

A noite passada estava especialmente bonita e cheguei até ver estrelas, raridade por aqui…tirei fotos de casa mesmo, com barquinhos de neon e a Torre das Pérolas ao fundo. 

Este slideshow necessita de JavaScript.

festival na tv chinesa

Padrão

A TV chinesa nos oferece mais de 40 canais abertos e existe uma grande facilidade de comprar DVDs e seriados “genéricos”, além claro da infinidade de programas disponíveis na internet. Entretanto, apesar dos mais de 40 canais disponíveis, somente 3 tem conteúdo em inglês que se salvam e o resto é tudo meio parecido, novelinhas românticas coreanas, novelas de guerra com Japão e/ou Kuomingtang e uma série de outros programas curiosos como óperas (orientais), música, programa de calouros em estilo japonês (com excesso de barulhinhos eletrônicos e remixes), programas de relacionamento e os telejornais (com conteúdo sempre restrito e controlado pelo vog). Mas de vez em quando, encontramos na TV chinesa documentários, filmes e transmissões de eventos que valem a pena assistir. Se quiserem saber mais sobre os programas da TV chinesa, posso fazer um post depois com as curiosidades..é só deixar um comentário pedindo 🙂

Nesta semana vimos a abertura do Festival Internacional de Cinema em Beijing. O evento começou com a chegada das celebridades no tapete vermelho (Zhang Ziyi, Andy Lau, Fan Bingbing, James Camerom etc), parecia ser a versão do Oscar chinês e resolvemos continuar assistindo quando…chamam uma autoridade governamental (tipo vice-secretário-executivo-do-departamento-revolucionário-nacional-de rádio-e-outros-meios-etc-e-tal) para o discurso de abertura, acabado o discurso típico chinês (longuinho, com oratória e conteúdo bem treinados), chamam outra autoridade governamental e ainda mais outra, afe, haja paciência, deu pena pois eles conseguiram deixaram com um ar de burocracia governamental um evento que tinha tudo para ser super artístico e cool.

Bom, mesmo assim, resolvemos dar uma chance para o evento. Segue o link de duas performances que gostei: a primeira é de uma dança com elementos budistas chamada 《千年千眼》-Qiānnián qiān yǎn (a sincronização de movimentos é incrível, levaram mais de um ano treinando) e o outro é de um cantor chinês, 刘欢 – Liú Huān, considerado o Rei do Pop Chinês, ele cantou 《天地在我心》– Tiandi Zai Wo Xin (algo como “o paraíso esta em meu coração). Ele pode não ser a beleza em pessoa, mas ganha em dobro em simpatia. Além de cantor é professor de Relações Internacionais e Música Ocidental, fala francês fluente, fez várias trilhas sonoras para filmes e novelas locais (a que eu acho mais engraçada é uma música de estilo kungfu, a《好汉歌》 – Hao Han Ge, traduzida como Canção dos Heróis e que as vezes cantamos no karaoque só para causar rs , sem os trajeitos do Liu Huan claro) e ainda cantou com a Sarah Brightman a música You and Me我和你–  na abertura dos Jogos Olímpicos de Beijing em 2008.

Gente, será que meu gosto mudou muito? Ou será que só gosto porque consigo entender?? Não sei, ficam os links como curiosidades …

filosofando com ivan

Padrão

Tenho um filósofo em casa. Ele é sereno, não abre espaço para fofoca, não gosta de reclamação e é naturalmente positivo. Sim é o Ivan, marido-escritor-filósofo-executivo. Gostaria de compartilhar algumas frases de efeito:

– quando pergunto, “estou muito gordinha, to feia bla bla bla snif snif, e agora????”. Ele responde: “Você só compete com você mesma.” (se saiu bem, me incentivou e me elogiou ao mesmo tempo rs)

– compras-consumo. “Quanto mais coisas você tem, mais problemas você tem.”

–  me perguntaram quem fala melhor mandarim, eu ou o Ivan. Respondi que o Ivan falava melhor que eu. Ao ser perguntado, ele respondeu: “A Camila. Ela faz tudo melhor.” (kkk, humilde e sexy ao mesmo tempo, adorei, fora o toque marqueteiro)

– mantra: “existem 3 coisas fundamentais para se viver: 1. barriga cheia, 2. amor no coração e 3. algo para se pensar.

– jingle: “don’t be negative, negative, just be positive, positive.” (cantando isso no momento em que a gente chegava em Suzhou para passar um final de semana, debaixo de chuva forte)

– direcionamento comportamental: taoísta (no sentido da não preocupação, valores e solução de problemas)

amo viu!

F1 – velocidade em shanghai

Padrão

Este final de semana também teremos o Grande Prêmio de Formula 1 em Shanghai. Será um dos eventos mais importantes do ano para a cidade e, a TV Globo não poderia deixar de cobrir. A repórter Mariana Becker está na cidade e nessa semana tive a oportunidade de trabalhar com ela na produção de algumas matérias pré-GP. Deu tudo certo e ainda de quebra virei fã dessa repórter super auto-astral e profissional! Fiquem ligados na telinha para conhecer um pouco mais de Shanghai…plin,plin.

Links das matérias feitas em Shanghai:

“Xangai mostra a combinação entre cenários modernos e templos antigos”

eco design fair

Padrão

Programa gostoso de final de semana: Eco Design Fair – Spring 2012.

Um mix de arte, comércio e sustentabilidade, vale a pena verificar os inovadores produtos, serviços, ver performances e ainda almoçar em alguns dos restaurantes ou tendas do local.

eco design fair 2012 (2012年生态环保设计展): 
dia: 2012年4月14日 – entrada franca
hora: 10:00-17:00

local: THE COOL DOCKS & the waterhouse at south bund

http://www.ecodesignfair.cn/

but it was just my imagination…

Padrão

Confesso que não sou muito boa para memorizar nomes de poetas chineses. Na tradição chinesa, muitas vezes a pessoa era identificada por mais de um nome (o nome de nascimento, o apelido, o nome da família, o nome oficial ou religioso e assim vai…além disso, os diferentes tipos transcrição fonética – pinyin, wade-giles- usados geram outras grafias do nome para os ocidentais), sem querer se estender muito (e já se estendendo), é complicado. Muitas vezes mal conseguimos entender os poemas em si, principalmente os mais antigos pois estão escritos em chinês antigo e formal, onde por vezes temos que usar mais que uma palavra ou até mesmo uma frase para traduzir o significado de um simples caractér na forma antiga. Mesmo assim, alguns poemas acabam tocando a gente de uma forma muito especial. Um dos meus preferidos é do antigo poeta taoísta 庄子-Zhuāng Zǐ (ou Zhuang Zhou, Chuang Tzŭ, Chuang Tsu etc)

O poema refere-se a uma experiência de Zhuangzi:

Numa tarde de primavera, Zhuangzi foi tirar uma soneca. Ele sonhou que ele era uma borboleta. Ele estava gostando de ser uma borboleta, voando livremente. Ele não estava consciente que estava sonhando e realmente acreditou que era uma borboleta. De repente, ele acordou e descobriu que ele era Zhuangzi. 
Ele refletiu muito sobre esse sonho e quando seus colegas perguntaram o que ele estava pensando, ele descreveu a experiência revelando então que ele não sabia mais se ele era o Zhuangzi que sonhou ser uma borboleta ou uma borboleta que sonhou que era Zhuang Zi. E que mesmo toda aquela conversar com os amigos poderia ser parte do sonho da borboleta sonhando que era Zhuang Zi. No final não havia nada que eles pudessem fazer para ajudá-lo a identificar a diferença entre Zhuang Zi e a borboleta. Uma questão de existência.

E é assim, com uma simplicidade incrível, que o poeta-filósofo aborda o complexo e profundo mundo inconsciente da mente humana, nossa imaginação. Seja ele pensando que é Zhuangzi sonhando que é uma borboleta ou uma borboleta sonhando que é Zhuangzi, não importa, o mundo “real” é aquilo que  imaginamos na nossa mente. Tudo depende das nosssas percepções pessoais e da leitura que fazemos de algo. Da mesma forma, a percepção de felicidade, tristeza, tragédia, sucesso, bonito, chato etc etc vai variar de pessoa para pessoa, no final, cada um de nós coloca o peso que quiser nos nossos pensamentos.

Hora de dormir..sonhar…ou acordar?